Esta programação poderá sofrer alterações até a data do evento.

15 de Agosto de 2019
(Quinta-feira)

15-18h: Recepção e credenciamento

Local: Restaurante e Cafeteria Rex, Av. Hermílio Alves, 46, no centro de São João del-Rei.

18-20h30: Solenidade de abertura e Conferência “Science Education: Personal and Social” – Dr. William W. Cobern/Mallinson Institute for Science Education-Western Michigan University/EUA

Local: Teatro Municipal de São João del-Rei, Av. Hermílio Alves, ao lado do Restaurante e Cafeteria Rex.

Em comum acordo com a Diretoria do Teatro Municipal, a Comissão Organizadora do V SMEQ solicita que cada participante do evento traga um quilo de alimento não perecível ou um litro de leite em embalagem longa-vida, os quais serão recolhidos na entrada do Teatro para doação a centros de assistência social do município.

20h30-23h:Confraternização com fundo musical de Letícia Ferreira Magalhães (piano) e Ariel Ramalho Vicente (violino).

Local: Solar da Baronesa de Itaverava/Centro Cultural da UFSJ, Praça Dr. Augusto das Chagas Viegas, 17, Largo do Carmo, no Centro Histórico.

16 de Agosto de 2019
(Sexta-feira)

As atividades do VSMEQ serão realizadas no campus Dom Bosco da UFSJ, situado à Praça Dom Helvécio, 74, no Bairro Fábricas. Os locais específicos são definidos abaixo.

08-10h: Minicursos 5, 6 e 18 e Oficinas 5 e 6.

Locais: Pavilhão de Aulas (PVA), laboratório de informática do prédio central (LabInf) e bloco A do Departamento de Ciências Naturais (DCNAT). Campus Dom Bosco.

MC5. Experimentação no ensino de modelos atômicos, Profa. Evelyn Jeniffer de Lima Toledo (UnB) (PVA, salas 1.02 e 1.03).

MC6. Tendências no Ensino de Química: O Ensino por Investigação, Profas. Keila Bossolani Kiill e Ádila Lins Cauper (UNIFAL) (PVA, sala 1.13) .

MC18. A formação do pensamento químico: o papel das representações, Profa. Ana Luiza de Quadros (UFMG)  (PVA,  salas 1.15 e 1.16).

OF5. QuiTofu: A química presente na produção artesanal de tofu e derivados de soja em Minas Gerais, Profas. Karine Gabrielle Fernandes e Hanna Stefanni Nunes Benites e Prof. Laércio Vinícius de Almeida (UFJF e IF Sudeste de Minas Gerais) (DCNAT, sala A306).

OF6. Novas Tecnologias para o Ensino e Aprendizado da Química, Profa. Stephany Petronilho Heidelmann (IFRJ)  (LabInf, sala 2.48B).

8h30: Retomada e perspectivas do IVSMEQ/Uberlândia, para debater – Dra. Nicea Quintino Amauro e Dr. Hélder Eterno da Silveira (UFU).

Local: Teatro do campus Dom Bosco.

10-12h: Painel: “Possibilidades de (mais) humanização na Educação Química”.

– “A contribuição do pensamento político-pedagógico de Paulo Freire para políticas e práticas curriculares no ensino de química”, Dra. Marília Gabriela de Menezes Guedes (UFPE)

– “A Educação Química em direitos humanos: pelos caminhos de uma razão cordial”, Dr. Roberto Dalmo Varallo Lima de Oliveira (UFU).

Local: Teatro do campus Dom Bosco.

13-15h: Sessões de apresentações orais, pôsteres de trabalhos e estande do CRQ.

Locais: Orais nas salas do pátio, pôsteres e estande do CRQ no pátio do campus Dom Bosco.

Avaliação geral dos trabalhos: Marília Gabriela de Menezes Guedes e Marcio D´Olne Campos.

Pôsteres do dia 16/08

Sessão Revisões de Literatura (parte 1)  (sala 1.99) – Coordenação: Ingrid Nunes Derossi (UFTM)

14-14h15: Uma revisão de literatura em periódicos sobre o Estágio Supervisionado nos cursos de licenciatura em Química – Ana Caroline Ferrari (UFSC), Fernanda Luiza Faria (UFSC) e Ingrid Nunes Derossi (UFTM).

14h15-14h30: Tendências das pesquisas relacionadas ao ensino de Química Orgânica: uma análise dos trabalhos publicados no ENEQ 2008 a 2016 – Guilherme Augusto Paixão e José Gonçalves Teixeira Júnior (UFU).

14h30-14h45: Mapas conceituais: um levantamento nas atas do ENEQ e ENPEC – Elenize de F. B. Pelegrini, Keila B. Kiill e Elaine A. Colagrande (UNIFAL).

Sessão Conteúdos da Química e suas Mediações (sala 1.105) – Coordenação: Alfredo Mateus (UFMG)

13-13h15: Tutoria de Eletroquímica: um espaço formativo para futuros professores de Química – Alan Cláudio V. Guimarães e José Guilherme S. Lopes (UFJF).

13h15-13h30: O conteúdo de transformações dos materiais na perspectiva investigativa em avaliações elaboradas por professores dos anos iniciais – Bárbara M. R. Ferreira e Nilma S. da Silva (UFMG).

13h30-13h45: A importância das Equações Químicas na Química de Soluções: uma análise de equações químicas em um livro do ensino superior – Danilo Aniceto, Renata Pereira Lopes Moreira e André Fernando de Oliveira (UFV).

13h45-14h: “P4Tree”: o uso de um vídeo de divulgação científica no ensino de Química – Rúbia Lúcia Pereira, Alfredo Luis Mateus e Andréa Horta Machado (COLTEC/UFMG).

Sessão Sensibilizações Culturais (sala 1.105) – Coordenação: Maria Stela da Costa Gondim (UFU)

14h14h15: A educação no sistema prisional: concepções de licenciandos em química – Evelyn Jeniffer de Lima Toledo e Diego Soares de Freitas (UnB).

14h15-14h30: Compromisso Social, Construção de Valores e a Superação do Trote Acadêmico – Ana Karolina A. C. Leal, Henrique C. Freitas, Kátia F. Quirino, Ronier S. Souza, Victória E. F. Ferreira, Yuri F. Callegaris, Ana Cecília O. Silva, Bruno A. Meireles, Armando C. Branco Jr. e James Rogado (UFTM/ITU).

14h30-14h45: Olhares antropológicos sobre o modo de produção de alimentos dos Guarani: estabelecendo diálogos entre a química e os conhecimentos indígenas – Ana Paula Gorri, Edilon Frasson e Anelise Maria Regiani (UFSC).

14h45-15h: A química das sensações: entendendo a depressão e prevenindo o suicídio – Débora B. S. Pereira, Ezequiel C. S. Cruz, Heloísa Cássia, Julio M. B. Cremonesi, Leda M. M. V. Coimbra, Luiz A. de Oliveira Júnior, Matheus Martins, Paulo H. Pereira, Renata A. J. Neves, Tereza I. R. de Souza, Paulo C. Pinheiro (UFSJ).

Sessão Histórias da Química (sala 1.99) – Coordenação: Ivoni Freitas-Reis (UFJF)

13-13h15: Polaridade, eletricidade e magnetismo, uma revolução conceitual: o caso Michael Faraday entre 1845 e 1857 – João B. A. dos Reis (UNEC) e Ivoni Freitas-Reis (UFJF).

13h15-13h30: Utilização do diagrama heurístico para uma nova abordagem no ensino de História da Química – Matheus Valentin Maia (UFV), Alana Alves Rodrigues (UFV), Laura Itzel Mora Barrera (UNAM), Eduardo Madrigal Lagunas (UNAM).

13h30-13h45: O papel da mulher na História da Química: um estudo sobre as visões de estudantes do curso de Química da UFSJ – Fernanda L. S. Joaquim (UFSJ) e Robson M. Novais (UFABC).

Sessão Desafios da formação (sala 1.104) – Coordenação: José Guilherme Silva Lopes (UFJF)

14-14h15: Formação de Professores de Ciências Naturais para Atuação na Educação de Jovens e Adultos na Perspectiva da Abordagem CTSA – Gabriela P. Oliveira e Analise Da Silva (UFMG).

14h15-14h30: As contribuições do Estágio Docência na formação docente dos pós-graduandos em química – Driele Carla S. Mota, Victor G. L. Ferraz e José Guilherme S. Lopes (UFJF).

14h30-14h45: “O que é ser professor de química frente à crise democrática?”: uma roda de conversa com licenciandos em Química do Instituto Federal de Educação do Rio de Janeiro (IFRJ – Duque de Caxias) – Monique Gonçalves (ISERJ), Mauro Braga França (Colégio Pedro II), Stephany P. Heidelmann (IFRJ), Gabriela Salomão A. Pinho (IFRJ).

14h45-15h: Características e condições para o desenvolvimento do professor inovador – Fabio Z. Ferraz e Aparecida de Fátima A. da Silva (UFV).

Sessão Formação crítica (sala 1.104) – Coordenação: Aparecida de Fátima Andrade (UFV)

13h13h15: Relato sobre a utilização da pesquisa pelos estudantes como estratégia para a promoção da autonomia e aprendizagem em Química – Francyene S. Portela, Stefanni C. Silva, Marcela Ap. de Paula e Paulo R. da Silva (UFLA).

13h15-13h30: A relação com o saber e o aprendizado da química na perspectiva de estudantes do ensino médio da cidade de Viçosa-MG – José G. Thomaz, Rita de C. de A. Braúna e Aparecida de Fátima Andrade da Silva (UFV).

13h30-13h45: Articulando o pensamento crítico-reflexivo e as ações colaborativas em aulas de ciências do 8º ano a partir do trabalho com as Fake News – Mateus José dos Santos e Vinícius Catão (UFV).

13h45-14h: Análise dos níveis de investigação de uma sequência de ensino desenvolvidos por uma licencianda em Química: em foco o plano de aula e a aula – Raniele Aparecida da Silva, Isadora Mota Oliveira e Rita de Cássia Suart (UFLA).

Sessão Perspectivas para inclusão (sala 1.103) – Coordenação: Paulo Ricardo da Silva (UFLA)

14-14h15: Produção de material didático inclusivo para o ensino dos estados de agregação da matéria – Matheus Valentin Maia e Alana Alves Rodrigues (UFV).

14h15-14h30: Um olhar semiótico para as variações dos sinais em Libras para o conceito químico “átomo” – Kevin L. Pereira, Jomara M. Fernandes e Ivoni Freitas-Reis (UFJF).

14h30-14h45: Proposta de um jogo didático inclusivo para favorecer o ensino da tabela periódica aos estudantes com deficiência visual – Nayza Martins C. Ramos, Núbia Carla B. do Carmo, Mateus José dos Santos e Vinícius Catão (UFV).

14h45-15h: Análise dos níveis cognitivos manifestados por estudantes do ensino médio em uma estratégia avaliativa em Química – Marcela A. de Paula (PG), Stefanni C. Silva, Francyene S. Portela e Paulo R. da Silva (UFLA).

15-16h: Café com Sarau e lançamento e divulgação de livros.

Local: Pátio do campus Dom Bosco.

Livros:

Pessoas com deficiência no ensino superior: desafios e possibilidades (Organização: Gerson de Souza Mól e Douglas Christian Ferrari de Melo),

O Ensino de ciências na escola inclusiva (Organização: Gerson de Souza Mól).

16-18h: Painel “Educação (mais) transformadora”.

Parte 1: “Por uma educação referenciada ao Sul”

– “SULear vs NORTEar: tempo, espaço, lugar e educação na proposta SULear”, Dr. Marcio D´Olne Campos (UNICAMP).

– “Decolonização da Educação Química”, Dr. Bruno Andrade Pinto Monteiro (UFRJ).

Parte 2: “Visões de Outrxs”

–  “Química ciencia impura: reflexiones queer para una enseñanza contemporánea de la química”, Dra. Diana Maria Farias Camero (Universidad Nacional de Colombia).

–  “Saberes Tradicionais e Indígenas na Educação Química”, Dra. Anelise Maria Regiani (UFSC).

Local: Anfiteatro ao lado da biblioteca do campus Dom Bosco.

19-21h: Minicursos 2, 8, 11, 12 e 17 e Oficinas 3, 4, 7, 8 e 10.

Locais: Pavilhão de Aulas (PVA), laboratório de informática do prédio central (LabInf) e laboratórios dos blocos A e B do DCNAT.

MC2. O conceito de Quantidade de Matéria e a unidade de medida mol no contexto da História da Ciência: implicações para a aprendizagem, Profa. Ivoni Freitas-Reis (UFJF)  (PVA, salas 102 e 103).

MC8. O perfil docente por trás dos cientistas: Os casos de Marie Curie (1867-1934) e Justus von Liebig (1803-1873), Profa. Ingrid Derossi (UFTM)  (PVA, sala 200).

MC11. Docência em Química no Ensino Superior: desafios e reflexões sobre a prática docente, Prof. José Guilherme da Silva Lopes, Profa. Dirlene Lima Valadão e Prof. Victor Gomes Lima Ferraz (UFJF)  (PVA, salas 118 e 119).

MC12. As transformações de energia no corpo humano: uma perspectiva de ensino integrado entre física, química e biologia, Profs. Gilmar Pereira de Souza e José Luiz Santana Júnior (UFOP) (PVA, sala 202).

MC17. Emoções no ensino de Química: conceituação e estratégias de autorregulação emocional, Prof. Robson Macedo Novais e Profa. Taíris Aparecida da Silva (UFABC) (PVA, sala 106).

OF3. Desbravando o Alternate Reality Game no ensino Química, Profa. Maria Das Graças Cleophas (UNILA) (LabInf, sala 2.48B).

OF4. Atenção, temos fakenews na área! – Utilizando as mídias sociais para desenvolver o pensamento crítico e a argumentação nas aulas de Química, Profs. Vinícius Catão de Assis Souza e Mateus Santos (UFV)  (PVA, sala 205).

OF7. Como esverdear sua aula: a metodologia da Estrela Verde, Profas. Andréa Horta Machado e Nivia Regina Vitalino de Melo (UFMG) (DCNAT, Sala B214).

OF8. Construindo “moléculas” utilizando materiais simples e divertidos, Profa. Anelise Maria Regiani (UFSC) (DCNAT, bloco A. sala 306).

OF10. Produção de material didático inclusivo, Prof. Gerson de Souza Mól (UnB) (PVA, sala 122).

21h: Os cursos de Pós-graduação do Mallinson Institute for Science Education e suas modalidades Master of Arts (online) e Doctor of Philosophy (presencial): Orientações e oportunidades para estudantes brasileiros, Dr. William W. Cobern/Western Michigan University/EUA.

Local: Sala 2.48, prédio central do Campus Dom Bosco (em cima do Teatro).

21h: Conferência: “A Sociedade Brasileira para o Ensino de Química – nasce uma nova sociedade científica”, Dr. Gerson de Souza Mól (UnB).

Local: Teatro do prédio central do campus Dom Bosco.

22h em diante: “Bares e cafés temáticos”.

17 de Agosto de 2019
(Sábado)

08-10h: Minicursos 7, 9, 13 e 14 e Oficinas 6 e 9.

Locais: Pavilhão de Aulas (PVA) e laboratório de informática do prédio central (LabInf).

MC7. Atividades Investigativas Fundamentadas em Modelagem à luz da Teoria da Aprendizagem Significativa (TAS), Profs. Airton José Vinholi Júnior e Lucas Pereira Gandra (IFMS e UFMS) (PVA, sala 2.05).

MC9. O discente Surdo e o processo de significação de conceitos Químicos: a importância da cultura surda na construção do conhecimento, Profas. Ivoni Freitas-Reis e Jomara Mendes Fernandes e Prof. Kevin Lopes Pereira (UFJF) (PVA, salas 1.15 e 1.16).

MC13. Abordagem de questões sociotécnicas ou tecnocientificas por meio de sequências didáticas fundamentadas na abordagem CTS, Profa. Clarissa Rodrigues (UFOP) (PVA, salas 1.18 e 1.19).

MC14. “O agro é pop” e “o pop não poupa ninguém”: possíveis movimentos de leitura, Profa. Karine Gabrielle Fernandes, Prof. Nielsen de Moura e Profa. Marcela Arantes Meirelles (UFJF, E.E. Antônio Macedo Colégio Tiradentes da PM-MG) (PVA, sala 2.01).

OF6. Novas Tecnologias para o Ensino e Aprendizado da Química, Profa. Stephany Petronilho Heidelmann (IFRJ) (LabInf, sala 2.48B, em cima do Teatro do prédio central do CDB).

OF9. Avaliação Escolar: Quais finalidades? Quais habilidades?, Profas. Andréia Francisco Afonso e Isabela Vieira da Silva e Prof. Vinícius da Silva Carvalho (UFJF) (PVA, salas 1.02 e 1.03).

09h: Live-conferência: “Vivências interculturais em Moçambique e sentidos para a formação de professores”, Dr. Agnaldo Arroio (USP).

Local: na página do V SMEQ no facebook.

10h: Solenidade de Abertura do QuiEncontro.

Local: Teatro do campus Dom Bosco.

10h30: Palestra “Afetividade na sala de aula: a influência das emoções no ensino de Química”, Dr. Robson Macedo Novais (UFABC).

Local: Teatro do campus Dom Bosco.

11h30: Reunião dos coordenadores do PIBID e Residência Pedagógica para traçar metas regionais, coordenação Dr. Marcos Vogel (UFES).

Local: Sala 1.48, no pátio do campus Dom Bosco.

13-15h: Rodas de Conversa do QuiEncontro.

Local: Salas do 2º andar do prédio central do campus Dom Bosco.

13-14h: RODA DE CONVERSA 1 (Sala 2.42) – Coordenação: Prof. Thiago Henrique Barnabé (UFTM) e Profa. Raquel Helena Alves Campos (Escola Estadual Newton Ferreira de Paiva).

– Dinâmicas nas aulas de Química: Uma proposta de atividade na Escola Estadual Duque de Caxias. Graciane Cristina de Brito, Amanda Gomes de Almeida, Ana Carolina Araújo da Silva, Daniel Pilon, Gisele Lima Reis, Ingrid Maria Vidal Dinelli, Monique Ovídio Mendes, Rafaela Teixeira Brasiliano, Raphaela Cristina Cancela e Raylla Santos Oliveira.

– Compreendendo a tabela periódica: Uma atividade interativa na Escola Estadual Professor José Freire. Laura Maria Santos Ferreira, Gabriel Eduardo Costa Pereira e Milena Luciana Oliveira França.

– Soletrando o Br-As-I-L e a Am-Er-I-Ca do S-U-L com a Tabela Periódica. Raquel Helena Alves Campos.

13-15h: RODA DE CONVERSA 2 (Sala 2.41) – Coordenação: Profa. Roseli M. J. Soares (E.E.E.F.M Integral Carlos Drummond de Andrade) e Profa. Luciana Caixeta (UFTM).

– O reforço escolar nas disciplinas de química e ciências. Roseli M.J. Soares e Renata R.R. Mattos.

– Buscando a inclusão na aprendizagem de Química por meio da monitoria. Camila Oliveira Delfino e Andréia Francisco Afonso

– Momento Científico: uma proposta para a contextualização do ensino de Química. Wbiratan Cesar Macedo de Oliveira, Andréia Francisco Afonso e Priscilla Lucia Cerqueira de Aragão.

– Dinâmica da caixa: humanização do ensino de Química. Amanda Gomes de Almeida, Roberta Ianca Pereira de Souza, Igor de Barros Tavares, Monique Ovídio Mendes, Ingrid Maria Vidal Dinelli e Andréia Francisco Afonso.

14-15h: RODA DE CONVERSA 3 (Sala 2.40B) – Coordenação: Profa. Rita de Cássia Reis (UFJF) e Profa. Leticia Santos de Freitas (Escola Estadual Batista de Oliveira).

– Plantas Medicinais – Temática para o desenvolvimento de atividades diferenciadas nas aulas de Ciências  no Ensino Fundamental. Leticia S. Freitas, Mylena R. G. A. Silva, Ana Maria do Carmo, Antônio C. Sant’Ana e Andréia F. Afonso.

– Sabão Artesanal: um saber popular possível de ser abordado no Ensino Médio. Juliana Vicini Florentino, Rafaela de Souza Martins e Rita de Cássia Reis.

– A Química do Queijo Minas artesanal: uma paixão mineira. Nathália Magalhães Paixão Rosa e Taimara Polidoro Ferreira.

13-14h: RODA DE CONVERSA 4 (Sala 2.40A) – Coordenação: Prof. Marcos Vogel (UFES) e Profa. Gisele Lima Reis (Escola Estadual Duque de Caxias).

– Programa institucional de bolsas de iniciação à docência: os desafios em duas escolas públicas de Juiz de Fora. Monique Ovídio Mendes, Amanda Gomes de Almeida, Ingrid Maria Vidal Dinelli, Graciane Cristina de Brito, Ana Carolina Araújo da Silva e Gisele Lima Reis.

– Programa Residência Pedagógica: possibilitando a vivência de ricas experiências no Ensino Médio para futuros professores da área de Ciências Naturais. Isabela Oliveira Batista, Lutécia Rigueira Medina e Aparecida de Fatima Andrade da Silva.

– Doping: uma análise interdisciplinar sobre seus efeitos nas competições esportivas. Tereza I. R. Souza, Leda M. M. V. Coimbra, Luiz A. Oliveira Jr., Ezequiel C. S. Cruz, Matheus M. Guedes, Júlio M. B. Cremonesi, Débora B. S. Pereira e Arthur F. e Silva.

13-15h: RODA DE CONVERSA 5 (Sala 2.39) – Coordenação: Profa. Lethycia Lopes Pereira (Escola Estadual Coronel Antônio Alves Teixeira) e Profa. Nilma Soares da Silva (UFMG).

– Proposta de um jogo didático para conscientização e prevenção ao tabagismo no ensino de química orgânica. Paulo Augusto Valadares.

– Drogas: um conteúdo para a química e para a vida. Lethycia Lopes Pereira.

– Estudo de caso como estratégia de reflexão para mudança de hábitos na alimentação. Aline Lacerda, Marcela Sales, André Henrique Neres, Ana Maria do Carmo, Antônio C. Sant’Ana e Andréia F. Afonso.

– Júri simulado: uma proposta para o ensino de química. Marcelo Henrique Reis Carvalho, Fernanda Teles de Castro, Julia Roberta Ribeiro Moreira, Sheyla Maria Pereira e Maria Fernanda Campos Mendonça.

14-15h: RODA DE CONVERSA 6 (Sala 2.42) – Coordenação: Profa. Ana Carolina Araújo da Silva (UFJF) e Profa. Jessica Ferreira de Oliveira (Escola Municipal Presidente Tancredo Neves)

De onde vem à chuva? Descobrindo através da experimentação. Bárbara Aline Reis Manoel e Jessica Ferreira de Oliveira

– A experimentação nas aulas de Química: um estudo da concentração das soluções. Raylla Santos Oliveira, Raphaela Cristina Cancela, Graciane Cristina de Brito, Rafaela Teixeira Brasiliano, Daniel Pilon, Gisele Lima Reis e Ana Carolina Araújo da Silva.

– O Estudo do Equilíbrio Químico: Uma Proposta de Desafio para Estudantes do 3˚ do Ensino Médio. Ingrid Maria Vidal Dinelli, Amanda Gomes de Almeida, Graciane Cistina de Brito, Monique Ovídio Mendes, Gisele Lima Reis e Ana Carolina Araújo da Silva.

 

13-15h: Sessão de apresentações orais, pôsteres e materiais didáticos do VSMEQ.

Locais: orais nas salas do pátio e do segundo andar, pôsteres no pátio do prédio central e materiais didáticos na sala 1.66 do pátio.

Avaliação geral dos trabalhos: Marília Gabriela de Menezes Guedes e Marcio D´Olne Campos.

Pôsteres do dia 17/08

Sessão Revisões de Literatura (parte 2) (sala 1.99) – Coordenação: Nicea Quintino Amauro (UFU)

14h-14h15: A abordagem da temática “afetividade” na revista “Ciência e Educação”: uma análise bibliográfica das edições de 2008 a 2018 – Taíris A. Silva e Robson M. Novais (UFABC).

14h15-14h30: Incidência de artigos relacionados à temática da avaliação nas publicações da revista Ciência e Educação – Vanessa M. Santos e Robson M. Novais (UFABC).

14h30-14h45: Tecendo relações entre os saberes docentes e a educação em química a partir da análise dos anais do ENEQ (2008-2018) – Mateus José dos Santos, Samira Bahia e Castro, Alvanize Valente F. Ferenc e Vinícius Catão (UFV).

Sessão Avaliações (sala 1.99) – Coordenação: Lilian Borges Brasileiro (UFMG).

13h-13h15: Análise da abordagem dos níveis do conhecimento químico em um processo seletivo de curso técnico – Débora R. S. Pereira e Lilian B. Brasileiro (COLTEC/UFMG).

13h15-13h30: Pré-teste e pós-teste como avaliação no ensino de química no contexto do PIBID – Isabela Vieira da Silva, Isabela Christo Gatti e Andréia Francisco Afonso (UFJF).

13h30-13h45: Avaliação de processos de formação a partir da influência de metodologias ativas em curso de licenciatura em Química – Carla Sardinha de Oliveira, Dalila Sartori Scaramussa e Marcos Vogel (UFES).

Sessão Meio Ambiente e Escola (sala 1.104) – Coordenação: Roberto Dalmo V. Lima de Oliveira (UFU).

13h-13h15: Análise das disciplinas de química ambiental nas licenciaturas em química das IES em Minas Gerais: interfaces das propostas dos cursos com a educação básica, a BNCC e a formação inicial de professores – Andreza de Faria Alves Cruz, Mateus José dos Santos e Vinícius Catão (UFV).

13h15-13h30: Método de Tomada de Decisão baseado no tema “Os Impactos da atividade mineradora no Brasil” – Alana Alves Rodrigues e Matheus Valentin Maia (UFV).

13h30-13h45: Projeto “Sabão Ecológico”- Um método educacional para reciclagem do óleo de cozinha no IFSMG, Campus São João del-Rei – Ana Cláudia dos Santos (UFSJ), Raíra da Cunha (UFSJ), Viviane Vasques da Silva Guilarduci (IFSMG) e Paulo César Pinheiro (UFSJ).

13h45-14h: Replanejamento de uma proposta de sequência didática para trabalhar a temática mineração em sala de aula – Bruna C. Souza e Juarez M. Valadares (UFMG).

Sessão Química & Sociedade  (sala 1.104) – Coordenação: Bruno Andrade Pinto Monteiro (UFRJ).

14h-14h15: O “Picolé do Amado” como contexto local para ensinar química nas escolas de São João Del Rei – Mariana N. Silva (EG), Luiz Guilherme A. de Carvalho, Daiane H. S. Reis, Regiamara R. Almeida e Paulo C. Pinheiro (UFSJ).

14h15-14h30: O “hidromel do Ruan”: uma investigação dos saberes e sua linguagem hibridizada para aulas de Química no ensino médio – Camilla Fonseca Silva e Paulo C. Pinheiro (UFSJ).

14h30-14h45: Como a química age no processo de produção de bolos? – Douglas M. de Melo, Julio M. B. Cremonesi e Maria V. G. Costa (UFSJ).

14h45-15h: A camisinha como temática para proporcionar uma aproximação entre ciência e sociedade em sala de aula: um relato de experiência – Ayeska Monielly Silva, Guilherme Augusto Paixão e José Gonçalves Teixeira Júnior (UFU).

Sessão Residências e PIBIDs (sala 2.40A, 2º andar) – Coordenação: Prof. Marcos Vogel (UFES)

14h-14h15: Aprendizagem da docência: contribuições do subprojeto Química na formação inicial dos bolsistas – Amanda G. Almeida, Camila Delfino, Igor Tavares, Ingrid Dinelli, Monique Mendes e Andréia F. Afonso (UFJF).

14h15-14h30: A construção e aplicação de uma atividade investigativa no PIBID Química: relato de uma experiência – Gabriela C. Paiva, Marina G. V. Fonseca; Mateus H. S. Lopes, Wu S. Wan, Roberta G. Corrêa e Ana Luiza de Quadros (UFMG).

14h30-14h45: A realidade escolar e seus impactos na formação inicial de professores: uma experiência do PIBID – Karla M. dos S. Gonçalves, Letícia da S. dos Anjos, Clara A. Resende, Franciane C. Toledo Duarte, Roberta G. Corrêa (PQ) e Ana Luiza de Quadros (UFMG).

14h45-15h: O contexto escolar do Ensino Médio de uma escola estadual da zona da mata mineira pelo olhar de um grupo de residentes pedagógicos – Aparecida de Fátima Andrade da Silva, Wellington Junio S. Carlos, Gustavo R. P. Pereira, Mara S. Rodrigues (UFV).

Sessão Química em Espaços Não Formais (sala 1.105) – Coordenação: Prof. Célio da Silveira Júnior (UFMG)

14h-14h15: Minicurso: saberes populares e científicos – Andressa Alice de Oliveira, Thainara dos Reis Magalhães e Maria Fernanda Campos Mendonça (IFSMG).

14h15-14h30: Identificação de atividades educativas em museus virtuais de ciências – Ricardo R. A. Santos e Lilian B. Brasileiro (COLTEC/UFMG).

14h30-14h45: Contribuições do Quimidex na formação de professores de química para a valorização das culturas dos povos indígenas – Carlos H. de C. Barros, Gabriela S. Fermiano, Joice Hinkel, William C. dos Passos, Edilon F. da Rosa e Anelise M. Regiani (UFSC).

14h45-15h: Licenciandos indígenas visitam um aterro sanitário: pra quê isso? – Célio da Silveira Júnior e Juarez Melgaço Valadares (UFMG).

15-16h: Café com Sarau e lançamento e divulgação de livros.

Local: tenda situada no pátio do prédio central do CDB.

Livros:

Práticas discursivas nas aulas de ciências: Um olhar para as abordagens comunicativas. Autores: Ana Carolina Araújo da Silva e Eduardo Fleury Mortimer.

Decolonialidades na Educação em Ciências. Organização: Bruno A. P. Monteiro, Débora S. A. Dutra, Suzani Cassiani, Celso Sánchez,  Roberto D.V.L. Oliveira

16-18h: Minicursos 1, 3, 10, 12, 15, 16, 17 e Oficinas 1, 3, 7, 8, 10.

Local: Pavilhão de Aulas (PVA), laboratório de informática (Labinf) e blocos A e B do Departamento de Ciências Naturais (DCNAT), no campus Dom Bosco.

MC1. Terminologias em Libras na área da Química/Ciências e as possibilidades para favorecer a inclusão dos surdos em sala de aula, Prof. Vinícius Catão de Assis Souza (UFV) (PVA, salas 1.02 e 1.03).

MC3. Explorando a Classificação Periódica dos Elementos, Prof. Thiago Henrique Barnabé Corrêa e Profa. Mayana Ferreira da Cunha (UFTM) (PVA, sala 1.13).

MC10. Atividades Investigativas nas Aulas de Química com um enfoque CTS, Profa. Nilma Soares da Silva e Prof. Célio da Silveira Júnior (UFMG) (PVA, salas 1.18 e 1.19).

MC12. As transformações de energia no corpo humano: uma perspectiva de ensino integrado entre física, química e biologia, Profs. Gilmar Pereira de Souza/UFOP e José Luiz Santana Júnior (UFOP) (PVA, salas 1.15 e 1.16).

MC15. Audiodescrição didático pedagógica: recurso de tradução para estudantes com deficiência visual e déficit de atenção, Profa. Silvia Janaina de Oliveira Pimentel (IFAM) (PVA, sala 2.00).

MC16. Educação Ambiental e a escola: reflexões e práticas na formação de professores de Química, Profa. Elaine Angelina Colagrande (UNIFAL) (PVA, sala 2.01).

MC17. Emoções no ensino de Química: conceituação e estratégias de autorregulação emocional, Prof. Robson Macedo Novais e Profa. Taíris Aparecida da Silva (UFABC) (PVA, sala 1.06).

OF1. O Braille, a audiodescrição e a produção de material adaptado para deficientes visuais, Profa. Ma. Luciana Caixeta Barboza (UFTM) (PVA, sala 2.05).

OF3. Desbravando o Alternate Reality Game no ensino Química, Profa. Maria Das Graças Cleophas (UNILA) (LabInf, sala 2.48B).

OF7. Como esverdear sua aula: a metodologia da Estrela Verde, Profa. Andrea Horta Machado e Profa. Nivia Regina Vitalino de Melo (UFMG) (DCNAT, bloco B, sala B214).

OF8. Construindo “moléculas” utilizando materiais simples e divertidos, Profa. Dra. Anelise Maria Regiani/UFSC (DCNAT, bloco A, sala 306).

OF10. Produção de material didático inclusivo, Prof. Dr. Gerson de Souza Mol/UnB (PVA, sala 1.22).

19-21h: Painel: “Leitura, escrita e cartas pedagógicas para uma formação (mais) humana”.

– “Leitura e escrita como atividades humanizadoras na Educação Química”, Dra. Cristhiane Carneiro Cunha Flôr (UFJF).

– “As cartas pedagógicas no traçado de uma formação (mais) humana de professores e professoras”, Dra. Bruna Sola da Silva Ramos (UFSJ).

Local: Anfiteatro ao lado da biblioteca do campus Dom Bosco.

21h: Palestra em comemoração aos 150 anos da Tabela Periódica: “O outro lado da Tabela Periódica”, Dr. Alfredo Luis Martins Lameirão Mateus (COLTEC/UFMG).

Local: Anfiteatro da biblioteca do campus Dom Bosco.

22h em diante: “Bares e cafés temáticos”.

18 de Agosto de 2019
(Domingo)

As atividades do dia 18/08 serão realizadas no campus Dom Bosco da UFSJ, situado à Praça Dom Helvécio, 74, no Bairro Fábricas. Os locais específicos são definidos abaixo.

8h30: Abertura da sessão “Novos Talentos”: “Pesquisa e docência: influências e contribuições mútuas”, Me. Monique Aline Ribeiro dos Santos (Doutoranda do Programa de Pós- Graduação em Educação: Conhecimento e Inclusão Social, Faculdade de Educação da UFMG).

Local: Teatro do prédio central do campus Dom Bosco.

9h: Sessões de apresentações orais de dissertações e teses em Ensino de Química.

Local: Salas do pátio e do 2º andar.

Sessão 1 (sala 1.103, pátio) – Coordenação: Maria Stela da Costa Gondim (UFU)

– Estudo da correlação entre motivação, estilo de aprendizagem e os tipos psicológicos junguiano, Dra. Evelyn Jeniffer de Lima Toledo (Pós-Graduação em Química/UFSCar).

– Compreendendo Visões de Estudantes sobre Ciências e suas Relações com o Ensino Fundamentado em Modelagem em Contextos Cotidiano, Científico e Sociocientífico, Mestre Monique Aline Ribeiro dos Santos (PPGE/FaE/UFMG).

– A “Escola de Formação de Químicos” de Justus von Liebig: A Consolidação de uma Metodologia de Ensino, Dra. Ingrid Nunes Derossi (Programa de Pós-graduação em Química/UFJF).

Sessão 2 (sala 1.104, pátio do CBD) – Coordenação: Marília Gabriela de Menezes Guedes (UFPE)

– A Interdisciplinaridade na formação docente: investigando contribuições de um processo de formação continuada de professores da área de Ciências Naturais a partir do tema Nanociência e Nanotecnologia, Dr. Paulo Ricardo Silva (Programa de Pós-graduação em Química/UFJF).

– Os Determinantes na Evasão no Curso de Licenciatura de Química no Instituto Federal do Sudeste campus de Barbacena – MG – Brasil, Mestre Aline Kessi de Paiva Fonseca (UNIVERSIDAD DEL SALVADOR -Buenos Aires).

– A construção da narrativa híbrida “luzes” capilar: os saberes sobre a “iluminação” dos cabelos e seus efeitos entre licenciandos de química associados à teoria da ação dialógica de Paulo Freire, Mestre Marcella Matos Cordeiro Borges (PPEDU/UFSJ).

Sessão 3 (sala 1.105, pátio do CDB) – Coordenação: Prof. Robson Macedo Novais (UFABC)

– Avaliação escolar: análise do percurso trilhado por um grupo de professores de química do ensino médio durante a elaboração deste recurso didático-metodológico, Mestre Isabela Vieira da Silva (Programa de Pós-Graduação em Química/UFJF).

– Interações de Professores de Química do Ensino Superior com Meios Mediacionais: História, Limites e Possibilidades, Mestre Leandro Antonio de Oliveira (PPGE/FaE/UFMG).

– Os conhecimentos profissionais de futuras professoras de química sobre analogias e sobre o uso de analogias no ensino e as influências de um processo formativo, Mestre Thais Mara Anastácio Oliveira (PPGE/UFOP).

Sessão 4 (sala 1.99, pátio do CDB) – Coordenação: Roberto Dalmo Varallo Lima de Oliveira (UFU).

– Perguntar é inusitado? Analisando os discursos de professores(as) de química sobre questionamentos em sala de aula, Mestre Marcela Arantes Meirelles (PPGE/UFJF).

– O papel dos questionamentos da professora em um processo fundamentado na modelagem analógica, Mestre Gabriela Mara de Paiva Campos Andrade (PPGE/UFOP).

– Diálogos de uma professora com o sítio ciência na comunidade e investigação de uma sequência didática baseada no uso de narrativas híbridas, Mestre Daniela Regina Resende (PPEDU/UFSJ).

Sessão 5 (sala 1.98, pátio do CDB) – Coordenação: Adriana Maria da Conceição Lamêda (34ª SRE/SJDR)

– Química no ensino fundamental: Concepções docentes sobre o currículo de ciências, Mestre Vitor Iotte Medeiros (Programa de Pós-Graduação em Química/UFJF).

– Diálogos a partir do veganismo: a questão animal e sua abordagem em documentos oficiais para a Educação Infantil, Mestre Karine Gabrielle Fernandes (PPGE/UFJF).

– Uso seguro e Adequado de Produtos de Limpeza: condições de produção e acompanhamento do desenvolvimento de uma sequência didática em sala de aula da EJA, Mestre Leonardo Medeiros de Souza (PROMESTRE/FaE/UFMG).

Sessão 6 (sala 1.97, pátio do CDB) – Coordenação: Stephany Petronilho Heildelmann (IFRJ)

– Os Alimentos como Tema Gerador no Desenvolvimento de uma Hipermídia para o Ensino de Química, Dr. Thiago Henrique Barnabé Corrêa (Programa de Pós-Graduação/IQ/UNICAMP).

– Webqui – Uma plataforma virtual para ensinar química de forma interativa, dinâmica e visual. Mestre Isabel Cristina Alves Estevão (MPEC/UFOP).

– Tabela Periódica Interativa: contribuições de uma proposta de educação não formal para a formação continuada de professores de química, Dra. Cláudia Sanches de Melo Aliane (Programa de Pós-graduação em Química/UFJF).

Sessão 7 (sala 2.39, 2º andar) – Coordenação: Vinícius Catão (UFV)

– A deficiência visual e a aprendizagem da química: reflexões durante o planejamento e a elaboração de materiais didáticos táteis, Mestre Natália Pereira Marques (PPGECM/UFU).

– Análise de imagens audiodescritas em um livro didático: um olhar da epistemologia de Gaston Bachelard no ensino química para cegos, Mestre Cristiana de Barcellos Passinato (Programa em Pós Graduação em Ensino de Química/UFRJ).

– A temática drogas na educação básica: projeto de intervenção no ensino de Química para conscientização e prevenção ao tabagismo, Mestre Paulo Augusto Valadares (MPEC/UFOP).

10h: Café (Pátio do campus Dom Bosco).

10h30-12h: Mesa-redonda online: “Formação de professores/as de ciências e de química no além- mar”.

 Dr. Selçuk Şahingöz (Kastamonu University) e Me. Sergio Tsembane (UniSave/Moçambique).

Local: Teatro do prédio central do campus Dom Bosco.

12h: Mesa-redonda “Política, Educação e os SMEQs”, Dr. Vinícius Catão (UFV), Dr. Bruno Andrade Pinto Monteiro (UFRJ) e Dr. José Guilherme da Silva Lopes (UFJF) e encerramento do VSMEQ.

Local: Teatro do prédio central do campus Dom Bosco.

[:]